quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Capítulo 6 – O verdadeiro começo –

- Você está dizendo que..
- Sim, eu estudo na julliard
- Era só o que me faltava! – Ela negou com a cabeça
- Fala sério, eu sei que você ta amando isso! – Joe disse rindo
- Pode sonhar...
- Além de mimada é engraçada também? Wow! – Ele disse rindo ao ver que Demi começara a se irritar – E sobre a engenharia civil?
- Eu ainda não sei vou fazer provas e ver se consigo bolsas em algumas faculdades. – Demi olhou pra janela, finalmente o trânsito diminuiu, com sorte chegaria com uns 20 minutos em casa. – E você faz teatro?
- Não. – Ele soltou um risinho. – sou totalmente sem talento pra essas coisas. – faço fotografia
- Sério? Quando eu era mais nova queria fazer fotografia acho tão legal
- Também acho, você aprende a ver o mundo de uma forma diferente, mais bela
Ficaram conversando por mais um tempo, ela descobriu que ele não era tão irritante e estressado como achava. Conversaram sobre varias coisas, ele a contou sobre a ex namorada que o traiu por isso o término e o estresse, Demi o contou sobre seu ex namorado David que partiu seu coração e também sobre o  falecimento de seu pai, ele pareceu ter ficado um pouco sem graça sobre o assunto, ele não sabia o que dizer, mas já era bom só ter alguém a ouvindo, entre tantas conversas, finalmente chegaram.
- Enfim em casa... – Eu disse suspirando – Obrigada
- Imagina... Foi bom, pra esclarecer as coisas – Ele disse soltando um risinho referindo-se ao desentendimento que tiveram
- Então, tchau!
- Tchau! – Ele disse acenando
Quando chegou em casa tudo o que fez foi arrumar a mala, colocou todas as suas roupas em seu armário, cômoda etc. Demorou um tempo mas agora ela podia dizer que tinha acabado. Todas as suas coisas estavam nos seus devidos lugares.
Já era segunda feira, isso significa que é dia de correria. Demi tinha algumas provas em faculdades de engenharia civil. Estava nervosa. Faltava 30 minutos para sua primeira prova. Ela estava na fila, seu telefone tocou, não precisava nem olhar o visor para saber quem era.
- Oi mãe
- Oi filha – se surpreendeu ao ouvir a voz de Miley
- Miley! Achei que era a minha mãe! – soltou um riso sem graça e ao mesmo tempo animado
- Eu não me esqueceria de ligar pra você na sua primeira prova! Que tipo de amiga acha que eu sou?
- Pelo visto tipo de amiga que eu sempre quis ter!
- Ai meu Deus Demi sua linda! Mas agora me escuta. Boa prova, eu sei que você consegue! Você vai sentar naquela cadeira vai se concentrar vai arrasar! Não se desespera em momento nenhum, acredite em você apenas, você vai se sair bem.
- Obrigada Miles! Isso significa muito..
- De nada Dems, mas agora eu vou desligar porque eu aposto que tem alguém querendo falar com você. – Ela disse se referindo a minha mãe
Não demorou muito até sua mãe me ligar, ela disse que estava com saudade, desejou boa prova, e disse que ligaria mais tarde querendo notícias.
O tempo parecia não passar, Demi ainda estava naquela fila e faltavam vinte minutos para o início da prova. Esperou mais um pouco, mais um pouco, mais um pouco. Seu celular vibrou. - Ah! Finalmente algo que me tire do tédio. – Ela pensou. Era uma mensagem.
“Boa sorte mimadinha, concentre-se você consegue” – número desconhecido.
O número era desconhecido, mas ela não precisava perguntar pra saber quem era. Joe.
“Obrigada. Como descobriu meu número senhor estressado?” – Demi respondeu.
Não demorou muito até ele responder.
“Tenho meus contatos...”
O tempo foi passando, e foi estava chegando a hora. Demi suava frio e já sentada em sua carteira esperava a prova.
Já estava tarde e Demi já havia feito três provas hoje, ela estava confiante. Mas estava derrotada. Andou por toda cidade, a caminho das faculdades. Elas eram ótimas. Mas tudo o que Demi mais queria era sua cama quentinha.

Já era tarde e Demi estava deitada, quando seu celular vibrou. Era uma mensagem.
Oi amoreeees! Como vão? Espero que bem. Então o capítulo está aí. Me digam o que acharam, obrigada <3
Desculpa pela demora de novo hehe.
Beijos 

2 comentários: